23 dicas para aprender INGLÊS

November 2, 20150 Comments

23 dicas importantes sobre APRENDER INGLÊS

https://www.youtube.com/channel/UCXHb270su2KQ2BgirCaeoYw

Cada uma dessas dicas são baseadas na minha experiência real  com a língua inglesa nos EUA, como professor de inglês para brasileiros de todos os níveis  e nas perguntas que meus alunos têm feito no decorrer dos anos de prática como professor. Tanto nas classes, como aulas privadas, como inglês online, BLOGS, canal do YouTube, videos, etc.  Essas dicas foram elaboradas da maneira mais realista possível , começando pelas mais óbvias às mais simples e menos óbvias.

  1. Mudar-se para um país de fala inglesa e viver a vida lá — tudo em inglês.  Para a grande maioria das pessoas isso  está fora de cogitação.
  2. Ouvir inglês ao vivo diariamente. Para a grande maioria de quem mora no Brasil isso não é possível.
  3. Participar pessoalmente de conversação em inglês (ao vivo) todos os dias. Impossível para  a grande maoria no Brasil.
  4. Ouvir inglês de “segunda mão” — gravado ou transmitido via rádio, filmes, televisão, Internet, etc. Uma das melhores opções é vídeos no YouTube.  Tente escolher os melhores vídeos que se enquadram na tua meta.   Obviamente nem tudo que se encontra na Internet é digno do seu tempo.  Crie uma rotina diária.  Lembre-se — quanto mais, melhor.  De preferência o dia inteiro, mas pelo menos algumas horas cada dia.  Tente ouvir inglês por um mínimo de uma hora por dia.
  5. Estudar e aprender o funcionamento (estrutura) da língua, mas sem se preocupar em primeiro lugar com a gramática.  A gramática é necessária, mas na dose e hora certa.  Tentar aprender gramática sem falar e sem entender a língua é um desastre.  Um excelente professor pode realmente te ajudar.  Tem que haver uma sincronía entre o ensino da gramática, audição, pronúncia e conversação.
  6. Consiga um professor particular que fale inglês ao nível nativo ou pelo menos quase nativo. Se não for possível empregue um que tenha um excelente sotaque.
  7. Compareça e participe à todas as aulas de conversação.
  8. Participe de grupos de conversação. Se não tiver onde você mora, então crie um.  Tente ter conversação todos os dias.  Sem participar frequentemente da conversação não vai haver fluência em inglês.
  9. Esquece essas perguntas: “Quanto tempo leva?”  “Quanto tempo é o curso”?

Não pense em termos de “tempo” e nem de “curso”.  Pense “aprender inglês”.  Não compre curso.  Pense em “investir na tua educação”.  Não existe ínglês em 3 meses, nem 6, nem 1 ano.  Não existe milagres — somente dedicação, empenho e trabalho duro!  Evite as promessas milagrosas!  Como se diz em inglês “If it sounds too good to be true, it probably is”.  Se algo aparenta ser bom demais para ser  verdade, provavelmente não é [verdade].

  1. Faça do estudo de inglês parte do teu estilo de vida — isto é: Todos os dias pelo resto da tua vida!
  2. Vamos ser realistas aqui. Não é questão de preferência ou preconceito, mas a sua meta é falar inglês.  Assim é óbvio que você  deve fazer amizade para falar inglês com quem realmente se comunica inglês.
  • Em primeiro lugar com quem fala inglês nativo, sem sotaque.
  • Em segundo lugar com quem fala inglês quase-nativo, talvez com um leve sotaque, mas que tenha um excelente sotaque em inglês.
  • Em terceiro lugar com quem fala inglês melhor que você.
  • Em quarto lugar com quem fala inglês pior que você. Lembre-se que quando você fala inglês com alguém pior que você ele está melhorando, mas você não — sobretudo com relação ao sotaque.
  1. Lembre-se que se o professor falar errado… voce vai ouvir errado…  você aprende errado.
  2. Não existe inglês brasileiro. Se você quiser falar uma língua brasileira, então essa é o português.
  3. Não se traduz palavra por palavra. Se traduz idéias.
  4. Tente se independer do inglês escrito. Você tem aprender a “ouvir” e entender o inglês falado.
  5. Equece essas idéias:
  • “Quais são as regras”?
  • “Como faço para saber quando eu uso isso ou aquilo…”

Esqueça os atalhos.  Você tem que realmente aprender inglês.  Nenhum professor tem um segredo mágico para lhe ensinar.  Evite aqueles que professam ter “o segredo” da fluência rápida  sem você ter que se esforçar.

 

  1. Não existe nada de errado com o inglês da Inglaterra, assim como não existe nada de errado com o português de Portugal. Mas à menos que você não acha que o português de Portugal é melhor, mais correto e mais bonito que o português brasileiro, então ESQUEÇA esse  mesmo conceito sobre o inglês britânico.  O inglês da Inglaterra não é superior ao inglês americano.  Os dois são bons.
  2. Cuidado com gente que não domina o inglês e que quando te ensina ou fala algo errado, usa a desculpa “é que eu aprendí o inglês britânico”… ou “é que eu falo o inglês britânico”.  Todo americano ou britânico vai saber a diferença.  Se você ou alguém matar a língua inglesa, será óbvio.
  3. Cuidado com o que você vê nos curriculum e perfil de muitas pessoas ao dizer que tem “inglês básico”. Não são todos, mas em muitos casos  isso realmente significa “inglês zero”.
  4. É possível aprender inglês online? Sim, e não.  “Sim”, porque se pode aprender muitas coisas, graças em grande parte ao milagre da Internet, o YouTube, milhares de outros aplicativos e a tecnologia em geral.  Mas se você só ver vídeos e ouvir você não vai falar inglês com nenhuma fluência.  Aprender inglês online é somente UMA ferramenta — essa atividade é apenas uma dos muitos aspectos e atividades necessárias para falar inglês.  Essas são atitidades  passivas.  Você precisa passar muito tempo com atividades ativas e INTERATIVAS.  Você precisa ver as pessoas, seus rostos, suas expressões ao  falar com você.  Você precisa ouvir e observar outras pessoas em conversação.  Ouvir as suas suas vozes, tom e inflexão falando inglês com terceiros também.  Você precisa falar com elas e observar suas reações, ouvir suas respostas e tom.  Por isso se chama CONVERSAÇÃO.  Isso é uma via de duas mãos.  Tem muita gente no Brasil enganada com a idéia de  “aprender inglês sozinho”, “100% online”, e adquirir fluência como “auto-didata”.  Não me entenda mal aquí — é muito bom e necessário você estudar sozinho, ter iniciativa, mas o que estou dizendo é que isso não é tudo.  O luno só pode ser realmente “auto-didata” até um certo ponto, pois ele normalmente tem que se valer de materiais feitos por outras pessoas — livros, artigos, vídeos, e outros recursos postos à sua disposição por terceiros.  Assim que o “auto-didatismo” é limitado, pelo menos para a marioria.
  5. Preencher livros NãO significa aprender inglês. Qualquer professor desqualificado pode dar aulas se escondendo atrás de livros.  Novamente, primeiro você deve ouvir inglês e tentar se independer da palavra escrita.  Preencher livro é uma atividade válida, mas NUNCA deve ser a atividade principal.
  6. Equanto que o inglês na música é importante, use com cautela. No Brasil tem muita gente que diz que “canta em inglês”, mas em muitos casos não é inglês.  Muitas vezes a pessoa está fazendo uns sons “ao feitio”, parecidos com sons do inglês, mãs não podemos identificar nem 10% das palavras como palavras da língua inglesa.  Só porque alguem pega um violão e começa a “imitar” a voz do Michael Jackson, John Lenon, Bee Gees ou qualquer outros de décadas passadas ou presente,  não quer dizer que realmente está cantando em inglês.  Não seja ingênuo.  Tenho visto gente anunciar com toda emoção que alguém “vai cantar em inglês”, enfatizando o grande “talento” do indvíduo  à um público ignorante, quando na realidade não havia  inglês.

 

 

Filed in: dicas de ingles
Tagged with:

Leave a Reply

Arquivos

Search


Testimonials

O English4Brazil vai muito mais além do “the book is on the table” e do “verbo to be” que são “aprendidos” no colégio. Aqui, compreendi que, além da gramática e da ortografia, saber COMO se fala o Inglês é fundamental. A fonética, até então por mim desconhecida, passou a ser uma das principais ferramentas de aprendizado, aliada à interação constante com os professores e colegas e curso.

Daniel PennThales Delfino - Analista de Sistemas – IT industry; João Monlevade – MG, BrazilEnglish4Brazil

Inscreva-se em nosso canal via Email

Inscreva-se no nosso canal para receber atualizações de novos videos e posts com exclusividade!

Back to Top